sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Quem sou eu?





Quem sou eu?

Uma voz ou um sussurro
Talvez um diálogo ou ainda um monólogo
Será um vilão ou um herói
Não sei se sou paz ou se sou guerra
Uma comedia ou um drama
Uma parte de mim diz sim
Outra diz não

Às vezes viajo
Outras vezes fico estacionado
Iludo-me para em seguida ser desiludido
Já ansiei à vida hoje aspiro à morte
Não sou pessimista e nem tenho esperança

Meu Deus quem sou eu?
Que oscila entre
A verdade e mentira
O santo e profano
O gênio e o medíocre
O bem e o mal
O altruísta e o egoísta
O amor e o ódio
A alegria e a tristeza

Houve dia que tive Deus
Hoje parece que tenho o inferno
Já sonhei e agora vivo a realidade
Que é simplesmente um pesadelo
Tenho saudade
Mas não perdi nada e nem ninguém

Já sei
Perdi a mim mesmo
Meu Deus!
Acho que sou a contradição
Afinal quem sou eu?

Jessé

4 comentários:

jocelito disse...

Pois bem meu irmão até parece que estamos em busca de uma identidade, que possa mais a ter haver com nosso estilo de vida ou nossa personalidade, ou talvez seja que perdemos a identidade que recebemos de herança de nossa prole... Enfim como sempre manipulando as palavras com simplicidade e muito sabedoria.

Pastoragente disse...

Graça e paz!
“Andando” por aí cheguei até o seu Blog e quero te parabenizar pela bênção que pude ver aqui.
Já estou te seguindo e será uma honra te receber no pastoragente.blogspot.com.
Se quiser segui-lo vai ser uma alegria pra mim.
No blog conto da forma mais realista e divertida possível as realidades, dúvidas e experiências de uma simples pastora como eu.
Fique na paz. Um abraço.

tommy disse...

nossa quem sou eu. assinado ror Tommy

JESSÉ... disse...

Todos que lerem meus textos fiquem a vontade para comentar, respeito as opiniões diferente pretendo mantê-las desde que exista a identificação de quem comenta. Não a problema nenhum em discordar, não entender o que quer dizer o texto. Mas tenha caráter pra dizer o que pensa e que todos saibam quem é você. Valeu.